Tecnologia vestível: 7 acessórios para agregar no seu treino

5 Jul 2018

 

Vamos falar sobre alguns dispositivos tecnológicos que podem ajudar, e muito, na sua experiência na prática de exercícios, além de melhorar seu desempenho e trazer benefícios à saúde. Como vocês já puderam notar, o futuro não está apenas nas telonas, o futuro é o agora, já chegou a nosso dia a dia e pode estar na palma das mãos, ou melhor, nos corpos de qualquer um. Já imaginou se uma roupa pudesse se comunicar com você, te atualizar sobre sua saúde, frequência cardíaca, desempenho e atividade muscular? Não está acreditando no que acabou de ler? Pois bem, é a mais pura verdade. Figurando no primeiro lugar da lista de principais tendências mundiais do Fitness para 2017, de acordo com a American College, a famosa tecnologia vestível (Wearable Technology) veio para ficar. Com a promessa de melhorar os treinos, promover a saúde e fornecer uma experiência completamente única, essa nova tecnologia vem com força total.

 

Bateu aquela curiosidade? Confira algumas das novidades de acessórios tecnológicos que vão te fazer sair gastando por aí em busca de uma melhor experiência de treino.

 

 

 

Relógios e pulseiras

Seguindo a necessidade de se conectar cada vez mais, foram criados relógios e pulseiras que conversam com seu smartphone com mais facilidade. Acessórios tecnológicos que podem se comunicar com outros aparelhos e, ainda por cima, realizar ligações, acessar o GPS, trazer dados como frequência cardíaca, desempenho físico de acordo com o exercício que está sendo praticado, entre outras funções. Outro diferencial é que, em grande maioria, os relógios são resistentes à água e com baterias incrivelmente duradouras.

 

 

 

Faixas para cabeça e peitoral

As faixas de peitoral utilizam sensores ECG que detectam as atividades elétricas do coração, fornecendo resultados precisos sobre sua atividade cardíaca. Outra opção são as faixas para cabeça, igualmente eficientes na leitura dos batimentos cardíacos. Mas como isso é possível? A pele fina das têmporas fornece dados precisos na leitura da frequência cardíaca. Além disso, te deixa com um visual um tanto quanto diferenciado, trazendo a tona aquele visual anos 80 nas academias.

 

 

 

Óculos inteligentes

A proposta desses óculos é de expandir o mundo fitness, oferecendo a possibilidade de ver dados em tempo real no seu campo de visão, sem ter que acionar nenhum aparelho ou aplicativo. Algumas funções diferenciadas, além dos dados em tempo real, são: câmera, músicas, comando de voz e mapa interativo.

 

 

 

Tênis inteligentes

Os imperceptíveis leitores na sola do tênis são responsáveis por todo o trabalho de análise dos seus movimentos. Em seguida, as informações são enviadas para o seu smartphone. Os dados incluem calorias gastas, ritmo e zona de impacto, possibilitando uma correção de pisada, caminho percorrido e notificação de rota. Uma boa opção de tecnologia nos calçados é a sola inteligente indiana Lechal, possibilitando o aviso de curvas por meio de tremores e o uso em diversos tipos de sapato.  

 

 

 

Roupas inteligentes

As roupas inteligentes são o novo hobby de estilistas e educadores físicos. Para você ter uma ideia, já existem meias esportivas e, até mesmo, gorros de bebes que ainda estão em desenvolvimento. Hoje, as melhores opções de escolha são blusas, tops, shorts e até collants que permitem a análise de rota, frequência cardíaca, respiração, movimento, atividade muscular, entre outras funções. O grande diferencial das roupas em relação a outros acessórios é que as peças monitoram seus movimentos para verificar se estão sendo feitos de forma correta, possibilitando um aviso em tempo real, evitando lesões e aumentando o desempenho.

 

Dispositivos de realidade virtual

Todos nós conhecemos os famosos óculos de realidade virtual, que permitem a interação com o universo 3D. Mas você já imaginou que eles podem se aliar ao mundo fitness e, com isso, causar uma enorme revolução nos exercícios? Pois é, já existem estudos que aliam esses óculos a prática de exercícios físicos. Algumas empresas entraram de cabeça nessa nova onda e criaram equipamentos fitness próprios para interação com a tecnologia vestível. É o caso do HTC, que simula o remo em locais exóticos e o Ícaros, que permite a simulação de voo para lazer ou exercício. O potencial dessa nova vertente é tão grande que foi criado o instituto de realidade virtual para saúde e exercício, que tem o objetivo de fazer com que a tecnologia seja vista e utilizada como uma aliada, impactando a saúde de forma considerável e positiva.

 

Fonte: IESPE

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Últimas

Please reload

Mais do que o treino