Jump: o pulo ideal para emagrecer

14 May 2018

 

Uma das modalidades mais procuradas nas academias por pessoas que querem perder peso ou tonificar os músculos é o Jump. Além de ser um excelente exercício para ajudar o corpo na queima de calorias, é uma atividade massa, dinâmica e divertida de fazer, pois mistura dança com ginástica. Essa “mini cama elástica” ou “mini trampolim” faz um bem, meu bem! Uma aula de 30 a 45 minutos de Jump faz você queimar até 700 calorias. Sensacional né?

 

Mas não saia por aí subindo no aparelho e dando seus pulos não, por favor! Os movimentos devem ser variados e com intensidades diferentes, criando uma espécie de coreografia. Esse é o tchan da aula! Você escuta a música, presta atenção na coreografia e segue a dica de Sandy e Junior “Vamô pular, vamô pular, vamô pular... “

 

Jump emagrece?

 

Por ser um exercício que exige extremo esforço físico e muitos movimentos, sim! O gasto calórico do Jump é muito alto, devido aos movimentos realizados que exigem muita força das pernas e ritmo constante, e isso ajuda muito na perda de peso. Mas, se aliado a uma alimentação balanceada, o Jump pode ser uma ótima solução para o emagrecimento saudável. De acordo com pesquisas, o consumo de energia em uma aula dessa modalidade pode chegar a ser 70% maior do que corridas ou caminhadas.

 

Mas quais são os benefícios?

 

Para que a aula seja produtiva e o exercício realizado sem complicações, aqui vão algumas dicas para você começar já a praticar! Sempre que possível, procure um médico para fazer uma avaliação antes de praticar atividades físicas, ou caso você sinta alguma dor fora do comum com a realização das atividades.

 

  • Sempre leve uma garrafinha de água. Para realizar qualquer atividade física é sempre importante estar hidratado antes, durante e depois do exercício;

  • Não se esqueça também da alimentação, faça um lanche mais leve pelo menos uma hora antes da aula;

  • Use roupas e tênis confortáveis, não só para sua comodidade, mas também para evitar lesões. A escolha do tênis adequado é muito importante, pois ele ajuda a evitar lesões que podem ser causadas pelo impacto durante o exercício;

  • No caso das mulheres, é recomendado o uso de um top mais reforçado, ou até mesmo dois, para proteger os seios;

  • Cuidado com as molas do trampolim! Pise sempre no meio da cama elástica, para evitar torções e quedas que podem ocorrer se você pisar nas molas e nas laterais.

 

É sempre bom lembrar que você nunca deve ir além dos seus limites. Comece devagar e não se preocupe caso não consiga acompanhar a coreografia inteira nas primeiras aulas, com o tempo o seu corpo acostuma e pega o ritmo. Caso sinta alguma dor fora do normal, pare e verifique se não há nenhuma lesão. Vamos mexer o esqueleto? 

 

Fonte: Jeito Fitness

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Últimas

Please reload

Mais do que o treino