Se joga no Mergulho!

13 Apr 2018

 

Não temos dúvidas que no litoral do Nordeste estão as praias mais lindas do mundo!!! Além de pegar um solzinho gostoso, curtir as paisagens belíssimas, você já pensou em mergulhar e desbravar a vasta vida marinha que há por baixo desse marzão de meu Deus? Eiiii, se liga! Só no Nordeste são mais de 3 mil quilômetros de praia e se ainda não experimentou, tá perdendo um belíssimo espetáculo. Mergulhar tem muitos benefícios, além é claro de você estar vivenciando um novo mundo. Acompanhe até o final e você vai ver…

 

1 – Condicionamento físico

O mergulho melhora muito o seu condicionamento físico. A atividade na água é muito mais eficiente por causa da resistência que a água tem contra os corpos. Geralmente, 60 minutos de mergulho podem gastar até 500 calorias.

 

2 – Respiração

Parecido com a respiração no decorrer uma meditação, a respiração lenta e profunda de um mergulho ajuda a relaxar e se acalmar, enquanto o mergulhador se foca no cenário aquático e esquece todos os seus problemas. Essa experiência pode ajudar a evitar o estresse e até a depressão.

 

3 – Capacidade curativa da água

Muitas pessoas se sentem mais leves e tranquilas depois de um bom dia de mar. De fato, a capacidade curativa da água existe e é utilizada para relaxamento e diversos tratamentos médicos.

É um mundo novo. Por isso, entrar em contato com a vida marinha pode estabelecer uma conexão tão poderosa que a maioria das pessoas tende a nunca se esquecer, além de se fascinar pelas belezas do fundo do mar.

 

Massa né? Mas para cair de cabeça nos mares é preciso buscar todas as informações necessárias para a segurança do próprio mergulhador. Atentar para os equipamentos, conhecer o local e região onde se pretende fazer o mergulho é essencial tanto em áreas de naufrágios quanto em cavernas. Cursos básicos, técnicos ou profissionais, e ter conhecimento das técnicas que são utilizadas para a prática são recomendados.

 

Eu quero mergulhar e, agora? Conheça os melhores lugares para mergulhar no nordeste do Brasil:

 

Bahia 

Em Salvador, há vários pontos de mergulho maravilhosos: Banco da Panela, Beirada do Badejo, Ilha dos Frades, Caramuanas, Paredes e Mar Azul, mas a grande atração para mergulhadores é Abrolhos. Lá há corais de origem vulcânica e que formam cadeias de montanhas submersas. A melhor época para o mergulho vai de dezembro a fevereiro. O local é um Parque Nacional, protegido por Decreto Federal. 

 

 


Pernambuco 

Recife é capital brasileira dos naufrágios. E o arquipélago de Fernando de Noronha é um dos melhores pontos de mergulho do mundo. É uma área de preservação ambiental, com águas claras, de boa visibilidade a até 50 metros de profundidade. 

 
São mais de 230 espécies de peixes em profundidades que variam de 1 a 70 metros. Para mergulhadores avançados é possível apreciar a Corveta Ipiranga - um navio naufragado a 64 metros de profundidade, considerado um dos mais belos e intactos do mundo. 
 

Pontos de mergulho: Caverna da Sapata, Laje Dois Irmãos, Pedras Secas, Buraco do Inferno, Buraco das Cabras e Cabeço Submarino, entre outros.


Rio Grande do Norte 


Já o Rio Grande do Norte possui uma fauna diversificada e pontos para mergulhadores iniciantes e avançados. Em Parrachos de Maracajaú, há um banco de corais que fica a 7 km de distância da costa, em Natal.

 

Pontos de mergulho: Batente das Agulhas, Cabeça do Félix, Cabeça dos Galos, Serigado de Fora e Tartaruguinha.


Alagoas 

Em Alagoas existem espaços ideais para mergulhos livres e mais tranquilos, com uma visibilidade excelente, entre 7 a 30 metros. Devido às lagoas da região, as águas do litoral alagoano sofrem grandes alterações de visibilidade e deve-se tomar cuidado com as marés. 

Pontos de mergulho em Maceió: Cabeços, Eufrásio, Maragogí, Paripueira, Praia do Francês e Recanto.

 

 

Fonte: Bonde.com e Freesider.com

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Últimas

Please reload

Mais do que o treino